Get Adobe Flash player
Anticor - Anticorrupção na França
Galeria Edemar Cid Ferreira
Home Sala das CPIs

postheadericon Sala das CPIs

postheadericon Prefeito de Campinas volta a negar recebimento de propina

AddThis Social Bookmark Button

O prefeito de Campinas, Demétrio Vilagra (PT), voltou a negar hoje (18) ter recebido dinheiro da empresa Global em um suposto esquema de irregularidades no processo de licitação da Sociedade de Abastecimento de Água e Esgoto (Sanasa). “Eu refuto essa informação”, destacou Vilagra hoje (18) em depoimento à Comissão Processante da Câmara Municipal de Campinas, instalada para avaliar a permanência dele no cargo. O interrogatório começou às 9h15 e, além de Vilagra – primeiro a depor, os parlamentares esperavam ouvir mais 17 pessoas como testemunhas – sete de acusação e dez de defesa. Porém, seis pessoas do último grupo solicitaram o comparecimento em outras datas.

postheadericon Maia recorre à burocracia e barra instalação de CPIs na Câmara

AddThis Social Bookmark Button

Sem alarde, o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS) (à esq.), tem tomado decisões, em seus nove meses do mandato, que esvaziam o poder constitucional dos deputados de fiscalizar as ações do governo. Ele não permitiu a instalação de nenhuma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) e vem dificultando as iniciativas de investigação das comissões e a busca de informações dos parlamentares junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), órgão auxiliar da Câmara responsável por auditorias em programas e gastos públicos. Ao retirar prerrogativas dos parlamentares, Maia beneficia diretamente o governo. As CPIs são instrumentos de investigação parlamentar com poderes de quebrar sigilos fiscais, telefônicos e convocar qualquer pessoa.

postheadericon Juiz nega liminar e prefeito de Campinas terá de deixar o cargo

AddThis Social Bookmark Button

O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Campinas, Mauro Fukumoto, negou nesta quinta-feira, 20, pedido de mandado de segurança para manter o prefeito Demétrio Vilagra (PT) no cargo. Com a decisão, assume a Prefeitura, nesta sexta-feira, 21, o presidente da Câmara, Pedro Serafim, do mesmo PDT do ex-prefeito cassado, Hélio de Oliveira Santos. O mandado de segurança foi pedido pela defesa do petista durante a tarde, para tentar anular afastamento temporário aprovado por 28 dos 33 vereadores de Campinas, em votação na Câmara, na noite de quarta-feira. O advogado de Vilagra, Hélio Silveira, informou na noite desta quinta que iria recorrer da decisão.

postheadericon Câmara aprova afastamento do prefeito de Campinas

AddThis Social Bookmark Button

Os vereadores de Campinas (SP) aprovaram na noite de hoje (19) o afastamento temporário do prefeito Demétrio Vilagra (PT). Com 28 dos 33 votos possíveis, os vereadores decidiram pelo afastamento do prefeito (à esq.) pelo prazo de 90 dias, tempo necessário para que sejam concluídas as investigações que estão sendo conduzidas pela Comissão Processante, que apura denúncias de irregularidades cometidas pelo atual prefeito e que envolvem a Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento de Campinas (Sanasa). Neste período, o presidente da Câmara, o vereador Pedro Serafim (PDT), assumirá a prefeitura. A presidência da Câmara será ocupada, por sua vez, pelo vereador Thiago Ferrari (PTB).

Mais Artigos...