Get Adobe Flash player
Anticor - Anticorrupção na França
Galeria Edemar Cid Ferreira
Home Operações da PF

postheadericon Operações da PF

postheadericon PF prende 24 na Operação Lava-jato

AddThis Social Bookmark Button

O ex-sócio da operadora Bônus-Banval, Enivaldo Quadrado (foto), condenado ao cumprimento de penas alternativas no processo do Mensalão, está entre os presos na operação Lava-Jato, deflagrada nesta segunda-feira, pela Polícia Federal para desarticular uma rede de lavagem de dinheiro em seis Estados e no Distrito Federal. Segundos investigações, operações financeiras suspeitas ligadas às organizações superam o valor de R$ 10 bilhões. Ao todo, a PF já cumpriu 24 mandados de prisão durante a Operação. Entre os presos está o doleiro Carlos Habib Chater. Veículos de luxo também foram apreendidos, além de dinheiro vivo – a quantia ainda não foi informada. A Polícia Federal afirma que os envolvidos são responsáveis pela movimentação financeira e lavagem de ativos de diversas pessoas físicas e jurídicas ligadas a crimes como o tráfico internacional de drogas, corrupção de agentes públicos e sonegação fiscal. A PF teve acesso aos registros de comunicações de operações financeiras atípicas do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

postheadericon Operação Ararath: PF prende governador de Mato Grosso, que paga fiança e é liberado

AddThis Social Bookmark Button

Brasília e Cuiabá – Agentes da Polícia Federal prenderam na terça-feira, 20 de maio, o governador do Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB) (na foto, falando ao celular), na quinta fase da operação Ararath. Durante as buscas na residência de Silval, foi encontrada uma arma com registro vencido, o que levou a Polícia Federal a lavrar o auto de prisão contra o governador. 

postheadericon Portos de SP e RJ na mira da Operação Navio Fantasma

AddThis Social Bookmark Button

Em conjunto com a Receita Federal do Brasil, a Polícia Federal deflagrou na manhã de 15/3 a Operação Navio Fantasma com o fim de desarticular uma organização criminosa que utilizava portos e aeroportos em São Paulo, no Rio de Janeiro e no Paraná para importar mercadorias sem o pagamento dos impostos devidos. Vinte pessoas foram presas, dentre elas cinco servidores da Receita Federal, empresários, “laranjas” e despachantes aduaneiros. A operação recebeu o nome de “Navio Fantasma” porque a quadrilha chegou a declarar a importação de peças para o conserto de navios, que a investigação descobriu que não existem ou não estavam no porto naquele momento. Estima-se que a organização criminosa tenha movimentado cerca de 220 toneladas de mercadorias. O valor do prejuízo aos cofres públicos ainda não pode ser precisado, pois até o momento não foi possível verificar se o conteúdo dos containers desviados correspondia às mesmas mercadorias declaradas na documentação.

postheadericon Operação Monte Carlo desarticula esquema de jogos em Goiás

AddThis Social Bookmark Button

A Polícia Federal, em conjunto com o Ministério Público Federal em Goiás e com apoio do Escritório de Inteligência da Receita Federal, deflagrou na manhã de 29/2/2012, a Operação Monte Carlo. O objetivo da ação foi desarticular a organização que explorava máquinas de caça-níqueis e jogos de azar no Estado de Goiás. O nome da operação faz menção a um dos 11 bairros do Principado de Mônaco, onde são encontrados diversos cassinos. A operação consistiu no cumprimento de 82 mandados judiciais, sendo 37 mandados de busca e apreensão, além de 35 mandados de prisão e 10 ordens de condução coercitiva nos cinco estados. Inúmeros servidores públicos estão envolvidos no esquema criminoso.

Mais Artigos...