Get Adobe Flash player
Anticor - Anticorrupção na França
Galeria Edemar Cid Ferreira
Home Sala dos Escândalos

postheadericon Sala dos Escândalos

AddThis Social Bookmark Button

postheadericon Caso Coroa-Brastel

AddThis Social Bookmark Button

O caso Coroa-Brastel foi aberto pela Justiça em 1985, quando uma denúncia chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra oempresário e contra dois ministros, Delfim Neto (Planejamento) (à esq) e Ernane Galvêas (Fazenda). Os ex-ministros eram acusados de desviar recursos públicos na liberação de empréstimo da Caixa Econômica Federal ao empresário em 1981. O empréstimo de, na moeda da época, cruzeiros - Cr$ 2,5 bilhões -, seria utilizado no reforço de capital de giro do grupo e no plano de expansão da Brastel. Segundo a denúncia, o dinheiro teria servido para quitar dívidas junto ao Banco do Brasil e ao Banespa. O caso foi a julgamento no ano de 1994.

postheadericon Amazônia Internacionalizada

AddThis Social Bookmark Button

A “Operação Amazônia” é o mesmo título dado a primeira grande campanha de desenvolvimento daquela região, lançada pelo regime militar, em 1966, para construir estradas de rodagem e atrair empresas como a Volkswagen além de fazendas de criação de gado por meio de generosos incentivos fiscais concedidos pela recém criada Sudam - Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia. “Essa Operação Amazônia certamente não levou em conta os interesses ambientais”, escreveu o professor da London School of Economics and Political Science, Anthony L. Hall no livro "Amazônia – desenvolvimento para quem?". Grupos estrangeiros beneficiaram-se dessas facilidades, detendo enormes extensões de terra.

postheadericon Escândalo do Banco Santos

AddThis Social Bookmark Button

O processo que levou à falência e posterior liquidação do Banco Santos por gestão fraudulenta começou em 12 de novembro de 2004, quando o Banco Central decretou a intervenção na instituição financeira. Após descobrir que a situação financeira do banco vinha se deteriorando rapidamente e que o déficit patrimonial (diferença entre dívidas e os bens e créditos) seria de R$ 700 milhões, o BC afastou Edemar Cid Ferreira (à esq.) e então diretores do controle da instituição e nomeou Vanio César Aguiar como interventor. Sua responsabilidade seria apurar possíveis irregularidades cometidas por dirigentes da instituição e levantar informações necessárias para que fosse decidido seu futuro.

postheadericon Escândalo dos "aloprados"

AddThis Social Bookmark Button

No dia 15 de setembro de 2006, a apenas duas semanas do primeiro turno das eleições, integrantes do PT foram presos pela Polícia Federal em um hotel de São Paulo ao tentar comprar um dossiê contra o então candidato do PSDB ao governo de São Paulo, José Serra. O então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, tentando diminuir a importância do episódio, afirmou que aquilo era obra de "um bando de aloprados", expressão pela qual o caso é lembrado até hoje. Foram presos em flagrante Valdebran Padilha que tinha US$ 109.800 mil e mais R$ 758 mil em dinheiro e Gedimar Passos, com US$ 139 mil e mais de R$ 400 mil em dinheiro. Ao todo, os dois tinham R$ 1,7 milhão.