Get Adobe Flash player
Anticor - Anticorrupção na França
Galeria Edemar Cid Ferreira
Home Ricardo Teixeira Investigação contra Ricardo Teixeira é aberta pela Polícia Federal

postheadericon Investigação contra Ricardo Teixeira é aberta pela Polícia Federal

AddThis Social Bookmark Button

Assessoria de comunicação da Superintendência da Polícia Federal do Rio de Janeiro confirma que cartola e irmão serão investigados por lavagem de dinheiro.

O delegado Vitor Poubel, chefe da Delegacia de Combate a Crimes Financeiro (Delefin), abriu inquérito contra Ricardo Teixeira. A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação da Superintendência da Polícia Federal do Rio de Janeiro. O nome do delegado que vai conduzir o caso, no entanto, ainda é mantido em sigilo.

Poubel vai coordenar as investigações contra Ricardo Teixeira e Guilherme Terra Teixeira, irmão do cartola, suspeitos por crime de lavagem de dinheiro no episódio da empresa Sanud - sediada no paraíso fiscal de Liechtenstein. A tendência é que ambos sejam ouvidos em breve.

A Sanud seria uma porta de entrada para dinheiro remetido ilegalmente ao Brasil. A empresa, de propriedade de Ricardo - Guilherme é procurador da Sanud - teria absorvido US$ 9,5 milhões (cerca R$ 16,7 milhões) no caso de pagamento de propina da extinta empresa ISL, acusada de dar dinheiro a integrantes da Fifa em troca de privilégios no contrato de televisão da Copa do Mundo.

Os documentos que comprovariam os subornos podem ser solicitados pela Justiça do Brasil.

O instauração do inquérito atende solicitação do procurador Marcelo Freire. Freire pediu que a evolução patrimonial dos Teixeira seja investigada.

Inicialmente, a equipe da Delefin tem 90 dias para concluir as investigações, mas o prazo pode ser esticado caso haja necessidade.