Get Adobe Flash player
Anticor - Anticorrupção na França
Galeria Edemar Cid Ferreira
Home Ricardo Teixeira Reportagens ligam Ricardo Teixeira a suborno da empresa ISL

postheadericon Reportagens ligam Ricardo Teixeira a suborno da empresa ISL

AddThis Social Bookmark Button

Junto de João Havelange, Ricardo Teixeira teria feito acordo na Justiça suíça para pagar multa de R$ 8,9 milhões e escapar de processo.

Andrew Jennings, da BBC de Londres, e François Tanda, um dos principais repórteres da Suíça, são os autores das reportagens que causaram um escândalo na entidade que comanda o futebol, a Fifa.

Segundo os jornalistas, na década de 90, a empresa de marketing ISL teria pago propina para membros da Fifa para negociar os direitos de TV da Copa do Mundo.

Dinheiro

Teixeira e Havelange estariam entre os que receberam suborno da ISL. O primeiro teria ficado com US$ 9,5 milhões (R$ 15,3 milhões).

Acordo

À Justiça suíça, ambos não teriam contestado as acusações. Inclusive, haveria um acordo para devolverem o valor. Documentos que comprovariam o caso podem ser revelados em breve com as investigações.

No Ministério Público do Rio

Roberto Gurgel, procurador-geral da República, recomendou que requerimento criminal contra Ricardo Teixeira, apresentado pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB), que baseia-se nos supostos casos de pagamento de propina na Fifa, seja distribuído para algum procurador da área criminal do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ).